Postado por Janine | 6 comentários

Temperos mais usados no Brasil




Os temperos dão sabor e vida ao alimento e marcam a personalidade ao prato de quem o prepara. Por isso, listei abaixo, os temperos mais usados no Brasil. É importante que também tenham qualidades sanitárias, pois são consumidos regularmente. Se o tempero é fresco e de boa qualidade a comida fica muito mais saborosa e nutritiva. As plantas condimentares aromáticas são utilizadas terapeuticamente e em perfumarias.
O sal é o tempero mais usados no mundo, mas o excesso desse elemento na comida está causando uma série de doenças relacionadas à hipertensão arterial, como as doenças circulatórias, as doenças cardíacas e, mais recentemente, doenças relacionadas ao excesso de iodo (tireoidites).
Assim, para dar mais sabor e aos alimentos existem temperos naturais funcionais, que auxiliam na prevenção de doenças, uma vez que ao utilizá-los, podemos diminuir e até tirar completamente o sal da mesa.

Dicas: se na receita informar tempero fresco e você não tiver, coloque o seco em menor quantidade, pois o sabor é mais forte; não exagere no tempero, experimente, sistematicamente, o que estiver cozinhando.

Açafrão da terra (Curcuma longa)

Propriedades terapêuticas: antioxidante, antiinflamatório, digestivo (ativador da função hepática e da secreção biliar), é auxiliar no tratamento de prisão de ventre e gases.

Utiliza-se o rizoma* da planta, moído. Ideal para dar cor amarelada aos pratos, usado nas culinárias baiana, indiana e asiática. Pode ser usado em diferentes pratos como: arroz, sopas, legumes, carnes, saladas, pães e doces.
 *Os rizomas são partes dos caules "inchados" e se localizam antes das raízes das plantas.

Alecrim (Rosmarinus officinalis)

Propriedades terapêuticas:digestivo, antioxidante, estimulante, ativador da circulação sangüínea, antidepressivo e anti-séptico. Uso externo em dores reumáticas e contusões.

Utilizam -se as folhas em sopas, molhos, preparações de ovos, saladas e guisados. Realça o aroma de carnes grelhadas. Indispensável com limão e vinagre nas carnes de porco, carneiro e frango. Excelente em vegetais como batata, couve-flor e em molhos (ex. mostarda, vinagre, mel e alecrim).

Alfavaca, manjericão cheiroso ou manjericão grande (Ocimum basilicum)

Propriedades terapêuticas:digestivo, sedativo, tônico, baixa a febre, diurético; é auxiliar no tratamento de infecções bacterianas e parasitas intestinais. Antigripal (tosses, resfriados, bronquites).
Utiliza-se as folhas, secas ou não , picadas ou não em molhos de tomates, massas, berinjelas, peixes de carne firme, legumes.

Alho (Allium sativum)

Propriedades terapêuticas:antioxidante e digestivo; melhora a circulação sanguínea e purifica o sangue. É diurético, anti-hipertensivo, antigripal (bronquite, gripe e tosse), vermífugo. É um poderoso desinfetante para cortes e ferimentos enferrujados. Baixa a febre. Ajuda a controlar o diabetes.

Utiliza-se os bulbilhos (dentes). Excelente em molhos de tomate e cebola, carnes, peixes grandes, aves, pão de alho e refogados em geral. Na minha opinião, no arroz e no feijão é indispensável.

Canela (Cinnamomum cassia)

 Propriedades terapêuticas:digestiva e antioxidante; ajuda a prevenir osteoporose, a controlar a pressão sanguínea e a aliviar sintomas da menopausa

Utiliza-se a casca inteira (em rama) e moída, em compotas, chocolates quentes e outras infusões, marinados, picles e ensopados da casca; e bolos, pães, biscoitos, mingaus e doces (pó).

Cardamomo (Elleteria cardamomum)

Propriedades terapêuticas:antioxidante, estimulante e digestivo. Fortalece o coração, faz baixar a pressão, abre o apetite e elimina gases. Os egípcios mascavam-no para clarear os dentes.
Pratos indianos, tortas e bolos escandinavos, carne de carneiro e porco, fígado, peixes e sopas, arroz, bolachas, licores, café, conservas de arenque e saladas de frutas.

Propriedades terapêuticas:utiliza-se as sementes. Geralmente em pratos indianos, tortas e bolos escandinavos, carne de carneiro e porco, fígado, peixes e sopas, arroz, bolachas, licores, café, conservas de arenque e saladas de frutas.

Cebola (Allium cepa)

Propriedades terapêuticas:antioxidante e digestiva. Boa no combate as afecções das vias respiratórias, estimula a atividade renal, auxiliar no tratamento do diabetes.

O que utilizamos são as folhsas.Combina com muitos pratos salgados, sozinha ou com outros temperos (alho, tomate, pimentão).

Coentro (Coriandrum sativum)


Propriedades terapêuticas:antioxidante, digestivo, auxiliar no tratamento da ansiedade, moderador de apetite e anti-gases.

Grãos: marinados e conservas.

Grão moído: aves, peixes ensopados ou assados, carne de carneiro, recheios, molhos e refogaodos.

Folhas: peixes, frutos do mar, molhos, sopas, carnes.


Cominho (Cuminum cyminum)

Propriedades terapêuticas:diurético, auxiliar no tratamento de gases.
Utiliza-se em molhos para carne e peixe, legumes, ovos, queijos, pães. Utilizado também na carne assada, cozida ou de panela. É um ingrediente básico na culinária nordestina.

Cravo-da-índia (Syzygium aromaticum)

Propriedades terapêuticas:anti-séptico bucal,ajuda a aliviar sintomas da menopausa, a proteger contra aterosclerose e diminuir os níveis de colesterol. É bom no tratamento de gripes e resfriados, micoses e picadas de insetos.
O que usamos é a inflorescência da planta.Em pó ou inteiro em presuntos, marinados, molhos, bebidas, bolos, biscoitos, doces e compotas.

Gengibre (Zingiber officinale)

Propriedades terapêuticas:antioxidante; ajuda a tratar enjôos, combater infecções, prevenir doenças cardiovasculares; é auxiliar no emagrecimento. Eliminador de gases do estômago e intestino, estimulador da digestão, combate asma, bronquite, amigdalites, rouquidão, tosses.
O rizoma é usado em Picles, molhos, doces, bolos, pães, saladas e carnes de porco, aves, camarão, peixes, quentão, conservas, massas doces.

Hortelã (Menta piperita)

Propriedades terapêuticas:estimulante, tônico e digestiva. Com o bagaço limpa-se feridas. Cura gases, má digestão, cólica e dor de dente. No Recife, o pó da folha é usado para combater parasitas intestinais (ameba e giárdia) em crianças.

Utilizada em diversos licores e chás, e como tempero nas cozinhas árabes (saladas, kibe, carneiro).

Louro (Laurus nobilis)

Propriedades terapêuticas:antioxidante, digestivo; estimula o apetite; é auxiliar no tratamento da gripe.
Usa-se as folhas para aromatizar marinados, molhos, massas, assados, feijões, carnes e caldos.

Manjericão, alfavaca ou basílico (Ocimum basilicum) - as diferenças estão no tamanho e formato das folhas, pois os sabores são muito parecidos 

"O manjericão de folha-larga (Ocimum basilicum L.; Lamiaceae), também conhecido apenas por manjericão ou basílico,1 é uma planta cujas folhas são muito utilizadas como temperos; além, disso, é bastante apreciada como planta ornamental devido às suas flores. Costuma-se retirar suas primeiras florações para aumentar o número de folhas e o ciclo da planta". (Wikipedia)

Propriedades terapêuticas:digestivo e anti-gases.

Usado em pizzas, molhos de tomates, macarrões, e são muito bons para frutos do mar.



Manjerona (Origanum mangerona)

Propriedades terapêuticas:contra gases e cólicas nas crianças, dores reumáticas e catarro (cataplasmas).

A manjerona tem as folhas menores, mais claras e mais finas do que o basílico
.

Folhas usadas em carne bovina, suína, aves, peixes ensopados, molhos brancos e de pizza, vegetais, ovos e pães. Combina bem com a páprica.
A manjerona difere do manjericão pelo sabor mais "peerfumado". Suas folhas são menores e mais claras.





Menta (Mentha arvenis)



Propriedades terapêuticas:analgésica estomacal e intestinal, refrescante, digestiva, estimulante das funções cardíacas.

Uso semelhante ao hortelã, refrescante, usada em saladas e pratos frios principalmente no verão.

Noz moscada

Propriedades terapêuticas:afrodisíaca, é usada para problemas hepáticos.

Sementes.Usada em marinados, assados, legumes, molho branco, doces de sabor delicado e em pães de massa fina. Deve ser ralada somente na hora do uso e necessita de pequena quantidade para dar seu aroma.

Orégano (Origanum vulgaris)


Propriedades terapêuticas:digestivo, antioxidante, antibacteriano, antibiótico, analgésico, sedativo; auxiliar no tratamento de gripes, resfriados e cólicas menstruais.

Folhas, geralmente secas e trituradas, usadas em molhos italianos, de tomate, ensopados, massas, sopas e espetinhos (de carneiro e porco), pizzas, caldos de verduras.

Páprica

Propriedades terapêuticas: estimulantes e digestivas.

Pode ser usada no lugar da pimenta seca, tem um sabor mais suave que a pimenta, por sua cor vermelha pode ser usada como corante para arroz, legumes, frango
Antioxidantes; purifica o sangue, auxilia na prevenção de doenças do coração, no Tratamento da obesidade, nas dores reumáticas (compressas locais).

Pimenta

Frutos frescos ou secos

Propriedades terapêuticas:antioxidantes; purifica o sangue, auxilia na prevenção de doenças do coração, no Tratamento da obesidade, nas dores reumáticas (compressas locais).

Pimenta-do-reino

A pimenta do reino moída é passível de adulteração. Alguns fabricantes adicionam partes moídas da própria planta ou de outras folhas, por isso sugiro que quando comprá-la dê preferência àquela com os frutos secos inteiros para moer na hora do preparo do alimento.

Salsa


Propriedades terapêuticas:favorece o equilíbrio hormonal; é fonte rica em betacaroteno (pré vitamina A) e Vitaminas do Complexo B e vitamina C; alivia os sintomas da bronquite, asma, cólicas menstruais e  cistite; é auxiliar no tratamento de cálculos renais e cólicas.


Usa-se folhas e talos em molhos, patês, saladas, legumes, peixes, omeletes, sopas e guisados. Faz parte do Cheiro Verde junto com a cebolinha, ambas devem ser adicionadas após o cozimento para manter suas propriedades.

Salvia (Salvia officinalis)

Propriedades terapêuticas:digestiva, antioxidante; auxiliar no tratamento de problemas de fígado, suor excessivo, ansiedade, depressão e sintomas da menopausa. Não deve ser usada em excesso.

Usa-se na carne de boi e porco, peixes firmes, ovos, queijos e saladas.

Tomilho

Propriedades terapêuticas:digestivo, desinfetante, anti-séptico; é expectorante, limpa as vias respiratórias e o intestino.

Usa-se folhas e flores em sopas, aves, peixes, carnes, saladas, molhos de tomate e outros molhos.

Referências:
PANIZZA, Sylvio. Plantas que curam: cheiro de mato. São Paulo: IBRASA, 1997.

LAINETTI, Ricardo e Brito, Nei R. Seabra de. A Saúde Pelas Plantas e Ervas do Mundo Inteiro. Rio de Janeiro: EDIOURO, 1980.

DRUM, Roseli Maria. Plantas Saúde para o Povo. Francisco Beltrão, Pr: 2002. 3ª Edição.






6 comentários:

  1. Dears Todas as especiarias que os compradores ou fabricação estamos informar a todos que somos fornecedores grandes especiarias da Índia. Nossos especiarias como açafrão, semente de coentro, cardamomo, especiarias quentes, Chlorophytum Borivilianum, Sapindus, arroz, óleo de farelo de arroz, açafrão, sementes de carambola, papel preto, pimentões vermelhos. Se você precisar de Indian Spices então CLICK HERE

    ResponderExcluir
  2. adoro esses temperos e faz um bem enorme.

    ResponderExcluir
  3. Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Olá. Obrigada pelo comentário. O único tempero que não gosto de usar é usada no mundo inteiro mas que não coloquei nesta postagem é a pimenta do reino. Não deve ser usada diariamente. Principalmente por pessoas que têm propensão a câncer de intestino.

      Excluir

Atenção

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter informativo e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, agrônomos e outros especialistas."