Postado por Janine | 2 comentários

Dieta paleolítica demoniza trigo e enaltece orgânicos

08/09/2013
Uma nova  velha ideia pulula nos meios acadêmicos dos estudiosos em nutrição: a Dieta Paleolítica ou Dieta Paleo, que consiste numa alimentação baseada nos costumes dos homens das cavernas. Nela só é permitido o alimento obtido através da coleta de vegetais e caças que a natureza pode fornecer espontaneamente no meio ambiente, a exemplo da maneira de viver da Era Paleolítica quando não existia agricultura, criação de animais confinados, alimentos processados e refinados. Itens que consumimos diariamente como  óleos vegetais, pães, ovos, leite estariam excluídos do cardápio de quem pretende segui-la. Entretanto, essa dieta está longe de ser unanimidade e aponta controvérsias, diria até que provoca a ira dos ecologistas e veganos, uma vez que preconiza o consumo de carne a vontade (desde que o animal não seja de criação intensiva e/ou massiva) e exclui os grãos, principalmente o trigo que ao longo dos mais de 10 mil anos de cultivo e consumo, apresenta mudanças genéticas.de resistência às pragas. Preconiza a não ingestão de produtos agrícolas tradicionais, devido aos agrotóxicos contidos e há divergências quanto ao consumo de leite, mas seus derivados, nem pensar.
O livro do cardiologista americano, Willian Davis coloca o trigo como o "vilão da hora", com argumentos científicos que dão suporte à teoria de que doenças como obesidade, diabetes, alergias, doença celíaca, problemas neurológicos (demência), artrite reumatoide e outras podem estar associadas à ingestão do trigo. Após  prescrever uma dieta sem o cereal para mais de 2000 pacientes, observou melhoras na evolução de doenças, o médico concluiu que não é a gordura, o sedentarismo ou o açúcar que causam a epidemia mundial de obesidade, mas sim o consumo de trigo.A começar pela qualidade da água, que é a base da pirâmide alimentar da dieta (veja a ilustração abaixo), é provável que nenhum dos alimentos dos dias atuais conservam suas qualidades nutricionais primordiais.
Os animais de hoje, mesmo sendo criações orgânicas, são muito diferentes dos seus antepassados, são mais estressados e com teor de gordura muito maior, segundo o bioquímico Gabriel de Carvalho Ainda assim, a opção mais sensata é procurar alimentos produzidos organicamente, pois são os que mais se aproximam da dieta natural, da Era Paleolítica.


Fontes:  Diário Catarinense. Vida e Saúde. Edição impressa, páginas 4-5, 07 de agosto de 2013.
Blog "The Paleo Diet"do Dr. Loren Cordain, acesso em 08/09/2013. Dieta paleolítica
 www.google.com.br/imagens, acesso em 08/09/2013


Receita:

Macarrão de palmito pupunha

Ingredientes

500 g de palmito pupunha (parte mais macia)
folhas de salsinha  a gosto
50 g de manjericão (folhas frescas)
2 tomates maduros
5 dentes de alho
2 colheres de sopa de manteiga
2 litros de água
um fio de óleo de girassol
pimenta, sal a gosto

Modo de Fazer

Coloque a água para ferver com 1 colher sopa rasa de sal e o fio de óleo.
Cortar o palmito pupunha no sentido longitudinal em vários pedaços finos. Com um descascador de batatas faça o formato do "macarrão"  tirando fatias fininhas a partir dos pedaços já cortados.
Pique muito bem o alho.
Coloque a água para ferver com 1 colher sopa rasa de sal e o fio de óleo.
Depois que estiver borbulhando com bolhas grandes, coloque o macarrão pupunha para cozinhar.
Em outra panela preparar o molho dourando o alho picado com  uma colher se sopa de margarina, acrescente as folhas de manjericão, a salsa, mexer e acrescente os tomates.  e acerte o sal e a pimenta.
Sirva sobre o macarrão de pupunha


Dica: existe macarrão pupunha em alguns supermercados, já cortados e embalados.


2 comentários:

  1. vixx acho que eu não conseguiria fazer essa dieta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Anônimo. É impossível seguir a dieta a risca uma vez que não existem alimentos iguais ao da época paleolítica. O homem manipulou os vegetais de forma que se tornassem menos propensos a doenças selecionando os mais resistentes. O próprio meio ambiente foi modificado climaticamente no decorrer desses 10 ou 12 mil anos e isso faz com que os seres vegetais e animais modifiquem seus padrões genéticos ao se adaptarem para sobreviver e perpetuar suas gerações(leia Darwin). Este blog não pretende elaborar, prescrever ou criar dietas, mas informar mais sobre o que você está comendo. Abraço

      Excluir

Atenção

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter informativo e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, agrônomos e outros especialistas."