Postado por Janine | 3 comentários

Receitas com Estévia

27/07/2014

Entre os sabores que o homem procura reproduzir para os mais diversos fins, o doce deve ser o mais almejado. Depois de descobrirem os, essencialmente químicos, aspartame e ciclamato de sódio, que, por não serem assimilados pelo organismo, não engordam, a Stevia rebaudiana foi descoberta para dar origem ao adoçante mais poderoso e saudável da atualidade. A planta é um arbusto parente do crisântemo, nativa do Paraguai e era usado como adoçante pelos índios bem antes da colonização espanhola. O nome nativo era kaá-éhê, que significa "erva doce". O gênero foi batizado em homenagem ao botânico espanhol Peter James Steve e a espécie pelo cientista Ovídio Rebaudi.
Nos anos de 1950, fazendeiros japoneses estabelecidos na região paraguaia iniciaram a produção da estévia, e depois de muito esforço levaram a tecnologia para o Japão, país onde hoje há a maior mercado no mundo deste adoçante (a China se tornou o principal produtor).
A estévia não contém calorias significativas, portanto, não engorda. É 200 a 300 vezes mais doce que o açúcar e 160 vezes mais doce que a sacarose, não contribui para queda dos dentes, doenças hepáticas ou qualquer outra doença.

É ótimo e muito utilizado para adoçar café, chá e sucos.

Fonte :ESPÓSITO, Breno Pannina. Química em casa. São Paulo: Ed. Atual, 2003.

Dica: "As receitas com esse tipo de adoçante precisam de um ingrediente mais encorpado para dar volume a receita. Nos bolos usamos muito o iogurte, nos biscoitos, mais manteiga. Portanto, a gordura aumenta."



    ATENÇÃO:
   1 colher de sopa = cerca de 2,5g de stévia = 800 g de açúcar
   1 colher de sobremesa rasa = cerca de 1,5g de stévia = 400-450 g de açúcar
   1 colher de chá = cerca de 0,75g de stévia = 200 g de açúcar
   1 colher de cafezinho = cerca de 0,38g de stévia = 100 g de açúcar


RECEITAS COM ESTÉVIA

BOLO DE IOGURTE

Ingredientes


1 iogurte natural.
3 ovos grandes
3 xícaras de farinha de trigo
1 colher de sopa de fermento
100 g de manteiga (bater com 2 colheres de sobremesa de stévia em pó)

Modo de fazer



Partir os ovos numa saladeira.
Adicionar lentamente óleo, continuando a bater os ovos. 
Juntar o iogurte e bater mais 1 a 2 min.
Juntar a farinha ao fermento; adicionar em 2 vezes levantando a massa de modo a que esta fique bem 
homogénea mas sem bater.
Untar a forma e verter a massa. 
Cozer a termóstato 6 ou 180° durante 40 à 45 min.

COOKIES

Ingredientes

 1 ovo
 1/2 colher de sobremesa de Stévia em pó
 2 xícaras de farinha de trigo
 1 colher de café de sal
 1 colher de café de fermento
 1 colher pequena de essência de baunilha
 1 xícara de manteiga salgada a temperatura ambiente para que esteja mole
 1/2 taça de pepitas ou flocos de chocolate preto

Modo de fazer

Pré-aquecer o forno à 350°, preparar a forma dos cookies, untando-a.
Bater na batedeira a Stévia, baunilha e ovo, acrescentando de seguida a manteiga para obter então uma textura com aspecto cremoso.
Adicionar a farinha aos poucos, po fim juntar os outros ingredientes e as pepitas de chocolate. Misturar até obter um aspecto homogêneo.

Cozinhar a massa 20 a 25 min no forno até os biscoitos ficarem dourados.



Leia mais:
http://www.esmeraldazul.com/pt/blog/top-3-os-melhores-e-piores-adocantes/

3 comentários:

  1. stevia pode ser usada com pessoas que tem diabete

    ResponderExcluir
  2. stevia pode ser usada com pessoas que tem diabete

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela contribuição, Nilce. Por ser um adoçante natural, a estévia pode e deve ser consumida em substituição ao açúcar por pessoas com diabetes.

      Excluir

Atenção

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter informativo e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, agrônomos e outros especialistas."