Postado por Janine | 0 comentários

Segurança alimentar de produtos de origem animal

Os alimentos mais vulneráveis à contaminação e, consequente transmissão de doenças, são ricos em nutrientes, com alto teor de umidade e baixa acidez. Essas características facilitam a proliferação de micro-organismos. Assim, é competência dos órgãos federais, estaduais e municipais a fiscalização na produção de alimentos de origem animal desde a criação até a exposição do produto à venda para o consumidor, dedicando especial atenção ao estabelecimentos de abate e processamento de carnes, leite e derivados, embutidos, peixes, crustáceos e moluscos.

Todos os produtos de origem animal comercializados devem ter garantia de qualidade estampada nos rótulos para serem comercializados. O selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) identifica os alimentos com procedência conhecida, registrados e inspecionados pelo governo.


É atribuição dos órgãos federais, estaduais e municipais fiscalizar a produção de alimentos de origem animal desde a criação até a exposição do produto à venda para o consumidor.

Inspeção sanitária é realizada em empresas produtoras desde 1915.




Carnes e derivados



Consistência firme e compacta.

Cor vermelha brilhante.

Gordura branca ou amarela pálida.

As carnes de primeira são as parte do animal menos exercitadas, como o filé mignon, o coxão mole ou coxão de dentro, o contrafilé, o lagarto, a alcatra e o patinho. 

As carnes de segunda são as partes mais exercitadas tais como acém, fraldinha, paleta, aba, capa de filé e peito.


Dica: Na hora de comprar carne moída, peça para o açougueiro moer na hora, na sua frente.



Produtos embutidos



Nunca compre produtos com superfície úmida, pegajosa ou liberando líquidos.

Evite produtos com odor estranho ou manchas esverdeadas.

Exija os carimbos do SIF, SIE ou SIM que são: Serviço de Inspeção Federal, Estadual e Municipal, respectivamente.

Carne de Frango

A carne de frango, já  embalada e com selo do SIF, SIE ou SIM deve conter no máximo 6% do peso da carcaça em absorção de água (portaria n. 210/98). Isso, em até seis frangos do mesmo lote, portanto, ao adquirir o produto e notar excesso de gelo, solicite a troca.

O Código de Defesa do Consumidor , em seu art. 19, prevê que os fornecedores também são responsáveis pelo que oferecem e devem realizar a troca do produto.

Ovos



Apesar de não serem de obrigatoriedade na legislação, os ovos  deveriam ser acondicionados em ambientes refrigerados para uma melhor conservação.

A casca deve ser limpa, íntegra, portanto sem sujidades, trincas e sem deformações. Grandes deformações nas cascas  indicam problemas sanitários nas poedeiras.


Leia mais: Europa rejeita aumento de prazo de validade dos ovos

Peixes



Ao comprar o peixo, confira se as escamas estão com brilho metálico e bem aderidas na pele.

Os olhos devem estar brilhantes e salientes.

a carne deve estar firme a ponto de não deixar a impressão muito tempo quando pressionada com os dedos.

As guelras devem estar vermelhas.

Exija os carimbos do SIF, SIE ou SIM que são: Serviço de Inspeção Federal, Estadual e Municipal, respectivamente.


Crustáceos (camarão e lagosta)


Carapaça bem aderida  ao corpo.

Olhos destacados e coloração própria, sem qualquer pigmentação estranha.


Mariscos, Ostras e mexilhões



Carne úmida aderida à concha, de cor acinzentada clara, nas ostras e amarelada nos mexilhões.

Devem ser mantidos sob refrigeração.

Cheiro agradável e acentuado

Quando expostos devem ter as valvas fechadas e com retenção de líquido incolor e límpido nas conchas.

Exija os carimbos do SIF, SIE ou SIM, que são: Serviço de Inspeção Federal, Estadual e Municipal, respectivamente.

Moluscos (polvos e lulas)

Devem ter a pele lisa e úmida.

Carne consistente e elástica.


Laticínios 



Ao consumir leite, certifique-se de que tenha passado por tratamentos térmicos como a Pasteurização (leite de saquinho) e o método UHT (leite de caixinha). Isso assegura que os micro-organismos prejudiciais estejam eliminados.

Nunca consumir leite in natura.

Os queijos devem apresentar superfícies com ausência de mofo. e não devem ter crosta molhada.

Exija os carimbos do SIF, SIE ou SIM, que são: Serviço de Inspeção Federal, Estadual e Municipal, respectivamente.


A venda ou armazenamento de produto de origem animal impróprio para consumo acarreta, por imposição da lei, na responsabilidade do fornecedor e na retirada do produto do mercado, para proteção da vida e da saúde do consumidor. Portanto, os órgãos públicos que atuam na fiscalização desses produtos agem em virtude da lei e em defesa da população.

Fontes: Ministério da Agricultura, Pecuária e abastecimento, Companhia Integrada de desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina e Ministério Público.



Pesca da Tainha em Florianópolis
O peixe mais seguro e mais saboroso para consumo é preparado no momento imediato após a pesca. 






0 comentários:

Atenção

"As informações e sugestões contidas neste site têm caráter informativo e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, nutricionistas, agrônomos e outros especialistas."